País

Manuel de Lemos anuncia disponibilidade para (re)candidatura à UMP

(c) LUSA
Partilhe esta notícia!

“A dissolução do parlamento veio prejudicar as misericórdias portuguesas pois não sabemos quando haverá orçamento. Não há previsão para novos apoios”, referiu Manuel de Lemos na sua intervenção durante o Conselho Regional das Misericórdias do Distrito de Braga que se realizou em Vila Verde.

Foram ainda debatidos os salários nas Misericórdias do distrito de Braga, as futuras negociações com a segurança social e assuntos sociais de relevância para a região principalmente para as Misericórdias.

Manuel de Lemos lembrou o prémio recebido pela UMP, o de cidadão europeu, pelas mãos do Parlamento Europeu e agradeceu a todos os colaboradores de todas as misericórdias do país pelo trabalho desde março de 2020 no combate à pandemia.

Manuel de Lemos disponível para mais um mandato como presidente da União das Misericórdias Portuguesas

Manuel de Lemos anunciou recandidatura à presidência da União das Misericórdias Portuguesas (UMP) contando com o apoio dos provedores presentes da reunião do Conselho das Misericórdias do distrito de Braga. Sem grandes palavras Manuel de Lemos referiu que “está disponível e não pode abandonar as Misericórdias neste momento tão difícil”.

Comentários

topo