Educação

Eloy Rodrigues da UMinho recebe prémio nacional Maria José Moura

(C) Universidade do Minho
Partilhe esta notícia!

O diretor da Unidade de Serviços de Documentação e Bibliotecas (USDB) da UMinho, Eloy Rodrigues, recebe a 7 de dezembro, pelas 16h15, na Biblioteca Nacional, em Lisboa, o prémio Maria José Moura, na categoria Reconhecimento Profissional, instituído pela Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas, Profissionais da Informação e Documentação (BAD). A sessão vai ser transmitida aqui.

O galardão homenageia a memória de Maria José Moura, a principal responsável pela criação da Rede de Bibliotecas Públicas, em Portugal. A nomeação para o prémio foi feita por associados da BAD e a seleção por um júri, tendo o prémio duas categorias: Jovem Profissional, além do Reconhecimento Profissional.

Eloy Rodrigues – nota biográfica

Nasceu no Porto em 1961. Licenciou-se em História, variante em Arqueologia e concluiu o Curso de Especialização em Ciências Documentais, opção de Biblioteca e Documentação, em 1990. Desde janeiro de 1992 exerce funções na UMinho, sendo desde 2002 diretor dos serviços de documentação.

Na década de 1990, a sua atividade profissional foi focada no impacto das tecnologias de informação, em particular a Internet, nas bibliotecas, bem como na formação de utilizadores e profissionais de biblioteca. Mais recentemente tem dedicado parte significativa do trabalho à promoção do acesso aberto ao conhecimento e à ciência aberta. Em 2003, liderou a criação do RepositoriUM da UMinho, o primeiro repositório institucional lusófono.

Desde julho de 2008 lidera a equipa da UMinho que desenvolve o projeto Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal. Tem também um importante papel nesta área ao nível internacional, tendo presidido à Confederation of Open Access Repositories (COAR) de 2015 a 2021 e é membro do executive board do projeto OpenAIRE.

Comentários

topo