País

Ex-banqueiro João Rendeiro foi detido pela Polícia Judiciária

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

A Polícia Judiciária anunciou esta manhã que deteve João Rendeiro, antigo administrador da Banco Privado Português. O ex-banqueiro, sobre quem pendia um mandato de detenção internacional, foi detido na África do Sul durante a madrugada.

Em conferência de imprensa a PJ, anunciou que criou uma equipa para encontrar o ex-banqueiro. A PJ anunciou que João Rendeiro saiu a 14 de setembro do Reino Unido e entrou na África do Sul a 18, e que já tinha na sua posse o paradeiro de João Rendeiro na altura em que a mulher disse em tribunal onde estava o antigo administrador do BPP.
Media player poster frame

De 20 a 24 de novembro, a PJ relatou que reuniu com as autoridades da África do Sul e que teve pronta resposta dos oficiais desse país para detetar e deter João Rendeiro. A detenção aconteceu às 07h30, hora do país africano. A Polícia Judiciária acrescentou que o ex-banqueiro ficou surpreendido com a detenção e que esteve refugiado na zona financeira de Joanesburgo durante algum tempo mas que se encontra detido longe da capital sul africana, Pretória.

A África do Sul irá decidir agora quando João Rendeiro poderá ser extraditado e regressar a Portugal, sendo que a PJ já confirmou que pode haver extradição neste caso já que foram feitas diligências com as autoridades sul-africanas para esse efeito. A Polícia Judiciária acredita que o ex-banqueiro foi para a África do Sul com ajuda.

Comentários

topo