País

GNR aperta vigilância nas fronteiras terrestres em Portugal

(C) GNR
Partilhe esta notícia!

A GNR aperta a fiscalização nas fronteiras terrestes em Portugal. A GNR relembra que “Todos os cidadãos provenientes de países exteriores à União Europeia e dos países considerados de nível de risco vermelho ou vermelho escuro, quando não apresentem Certificado Digital COVID da EU nas modalidades de teste ou de recuperação, devem apresentar:
1. Comprovativo de realização laboratorial PCR, realizado nas últimas 72 horas, com resultado negativo, ou;
2. Comprovativo de teste rápido de antigénio, realizado nas últimas 48 horas, com resultado negativo”.

Comentários

topo