País

Costa admite 4ª dose da Covid-19 na primavera e medidas apertadas em janeiro

(c) LUSA
Partilhe esta notícia!

António Costa admite o prolongamento das medidas após 9 de janeiro por causa da nova variante Ómicron, segundo avança a SIC Notícias.

O primeiro-ministro considera que as medidas em vigor vão “seguramente” ser “prorrogadas, porque a 9 de janeiro não vamos estar em condições de [as] retirar”.

“Devemos prever que a partir de 9 de janeiro, vamos ter que manter as medidas de controlo das fronteiras”, avança António Costa, admitindo também um “reforço” de medidas se for necessário por causa da nova variante Ómicron.

Dá ainda como certa a necessidade de uma quarta dose da vacina contra a covid-19 na primavera, adaptada às novas variantes.

Comentários

topo