Mundo

Papa Francisco: “Quem fala mal do próximo é um assassino”

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

O Papa Francisco usou palavras fortes na audiência geral desta quarta-feira, 15, ao tratar da gravidade da calúnia: “Quem fala mal do próximo é um assassino”. Ele convidou os católicos a seguirem o exemplo de São José para “cultivar tempos de silêncio nos quais possa surgir outra Palavra: a do Espírito Santo que habita em nós”.

O Papa Francisco avançou que “Jesus o disse claramente: quem fala mal do irmão ou da irmã, quem calunia o próximo, é assassino. Mata com a língua. Não acreditamos nisto, mas é a verdade. Se nos lembrarmos das vezes em que matamos com a língua, nos envergonharemos! Mesmo assim, [reconhecer isto] nos fará muito bem”.

Comentários

topo