País

Pandemia cresce e obriga a regras ‘apertadas’ a 25 de dezembro em Portugal

(c) LUSA
Partilhe esta notícia!

O Governo preferiu jogar pelo seguro, de forma a evitar males maiores num futuro a curto prazo, e antecipou a implementação destas novas regras – começariam no início de janeiro e passam, agora, para o dia 25 de dezembro, dia do Natal.

As novas medidas restritivas e estratégicas, impostas pelo aparecimento em força da variante Omicrón, são as seguintes:

. Aumento de quatro para seis testes gratuitos por pessoa
. Antecipar para as zero horas do dia 25 as medidas de restrição
. Teletrabalho obrigatório
. Encerramento de cresces e ATL’s
. Encerramento de discotecas e bares
. Obrigatório teste negativo para entrar em estabelecimentos turísticos – batizados, casamentos, eventos empresariais
. Redução dos espaços comerciais (uma pessoa por cada cinco metros quadrados)
. Teste negativo obrigatório para todos os espetáculos culturais, incluindo os desportivos (independentemente da sua taxa de ocupação)
. 24/25 dezembro, 30/31/1 janeiro será obrigatório apresentação de testes negativos para restaurantes
. proibição de grupos superiores a dez pessoas na via pública
. proibição de bebidas alcoólicas na via pública

Antes de mais, o primeiro ministro voltou a lembrar a imprtância da vacinação para sublinhar a melhoria do quadro da covid-19 em Portugal, quando comparado com o ano anterior.

Comentários

topo