Vila Verde

‘Vale + Nascer Vilaverdense’ apoia à natalidade no concelho de Vila Verde

(c) LUSA
Partilhe esta notícia!

O executivo da Câmara Municipal de Vila Verde aprovou hoje, por unanimidade, o regulamento para a instituição do “Vale + Nascer Vilaverdense”, que representa um novo apoio à natalidade no concelho.

A presidente da Câmara, Júlia Rodrigues Fernandes, defendeu a iniciativa como “um contributo para promover a natalidade, com apoio aos recém-nascidos e oferta de produtos que possam precisar nos primeiros meses de vida, como vacinas, medicamentos e outros materiais específicos ligados à saúde e alimentação”.

O “Vale + Nascer Vilaverdense” arrancará com um valor de 250 euros por criança para despesas efetuadas em farmácias localizadas no concelho de Vila Verde.

“O desenvolvimento de políticas e medidas concretas que favoreçam a natalidade é uma prioridade e uma exigência social cada vez mais evidentes”, salientou Júlia Fernandes, alertando para os reconhecidos fenómenos de envelhecimento e diminuição da população, no concelho e no país”.

Conforme a proposta apresentada pelo vereador da educação e ação social, Manuel Lopes, o “Vale + Nascer Vilaverdense” destina-se a bebés que nasçam já a partir de 1 de janeiro de 2022, ainda que o regulamento tenha de ser também sujeito a discussão pública e aprovação da Assembleia Municipal.

O vale de 250 euros irá concretizar-se sob a forma de reembolso de despesas efetuadas em farmácias aderentes, exclusivamente com produtos e serviços destinados ao bebé. O apoio pode ser requerido por progenitores – ou titulares da guarda do bebé – e usado até seis meses após o nascimento.

Comentários

topo