País

Bispos recomendam distanciamento entre fiéis nas missas e celebrações

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) recomenda “vivamente” que haja distanciamento físico entre participantes nas celebrações a partir do Natal.

Os bispos portugueses pedem que seja cumprido “um adequado distanciamento entre os participantes” devido ao agravamento da pandemia, relacionada com o surgimento da variante Ómicron.

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) actualizou esta terça-feira a orientação 29/2020, que prevê as medidas de prevenção e controlo da covid-19 em locais de culto e religiosos, recomendando o distanciamento de 1,5 metros entre os participantes.

A CEP lembra que “continuam em vigor as medidas de prevenção, tais como o uso das máscaras, a devida higienização das mãos e dos espaços celebrativos e a comunhão na mão, entre outras”.

As celebrações públicas na Igreja Católica têm decorrido de acordo com as orientações da Conferência Episcopal Portuguesa de 8 de Maio de 2020, estabelecidas em acordo com as autoridades de saúde.

As mais de 80 indicações incluem normas para a higienização dos espaços, das pessoas e dos objectos de culto, o “obrigatório o uso de máscara” para todos e a adaptação de rituais litúrgicos para evitar o contacto físico.

Comentários

topo