Braga

Cripta do Sameiro em Braga tem novo sacrário: O “Sagrado Coração”

(c) Arquidiocese Braga
Partilhe esta notícia!

A Cripta do Santuário do Sameiro, em Braga, tem, desde o dia 8 de Dezembro, um novo sacrário, denominado “Sagrado Coração” e concebido pelo artista Jacques Ruela.

A peça está colocada no espaço da capela-mor, fazendo contraponto à imagem de Nossa Senhora do Sameiro. Concebida em madeira de kambala escura, tem um formato retangular, é rematada superiormente por um pequeno crucifixo e, na porta do sacrário, sobressai uma custódia, com o recetáculo radiante, os vidros da radiação iluminados por luzes escondidas por detrás do recetáculo e que podem mudar de cor conforme a solenidade ou tempo litúrgico que se vive.

Da porta do sacrário emergem duas mãos abertas, em postura de entrega, que seguram um coração (em pedra de sal), iluminado interiormente com uma cor vermelha, dando “um aspeto real a esse símbolo eloquente do amor infinito de Deus por todos nós”, explica a Confraria de Nossa Senhora da Conceição do Monte Sameiro em comunicado.

A porta do sacrário tem a forma de ogiva romana, com uma escultura em baixo relevo, da autoria de Pedro César Teles, a representar um pelicano a dar de comer às suas crias.

A Confraria do Sameiro deixou ainda um agradecimento ao mesário Fernando Araújo, que custeou o investimento neste novo sacrário.

Comentários

topo