País

Jovem que matou e esquartejou homem apareceu morta na cadeia de Tires

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Maria Malveiro foi, na tarde desta quarta-feira, encontrada morta na cadeia de Tires, onde estava a cumprir pena pelo homicídio de Diogo Gonçalves, de 21 anos, avança o Correio da Manhã.

A jovem segurança de 19 anos tinha sido condenada a 25 anos de prisão e, até agora, não há indícios de crime, pelo que tudo aparenta que a causa da morte tenha sido suicídio.

Para o local foram acionados elementos do INEM e da Polícia Judiciária.

Maria Malveiro terá, a 26 de março de 2020, morto e desmembrado Diogo Gonçalves com a ajuda da então namorada, Mariana Fonseca, enfermeira. As duas espalharam o corpo do jovem em vários locais, tendo o móbil do crime sido uma indemnização de setenta mil euros que Diogo ia receber pela morte da mãe.

Maria e Mariana tinham sido acusadas dos crimes de homicídio qualificado, profanação de cadáver, acesso ilegítimo, burla informática, roubo simples e uso de veículo mas, enquanto a segurança foi condenada a pena máxima, a enfermeira foi absolvida.

Comentários

topo