Esposende

GNR apreende cerca de dez quilos de meixão em Esposende

(C) GNR
Partilhe esta notícia!

Um homem de 43 anos acabou detido, e o meixão foi devolvido ao seu habitat natural, por se encontrar vivo.
GNR apreende cerca de dez quilos de meixão. Homem detido

Ontem, um homem de 43 anos foi detido pela captura ilegal de cerca de dez quilos de meixão, em estado juvenil, no concelho de Esposende.

Segundo as autoridades, a ação deu-se no âmbito de uma operação de fiscalização de captura ilegal de meixão no Rio Cávado, na qual a GNR localizou “uma embarcação de pesca profissional com movimentos suspeitos”

“Em ato contínuo, foi possível observar o carregamento de dois recipientes para o interior de uma viatura ligeira, que foi intercetada. Após diligências policiais, foi possível apurar-se o conteúdo dos recipientes se tratava de 9,70 quilos de meixão”, informa a GNR.

Um homem de 43 anos acabou detido, e o meixão foi devolvido ao seu habitat natural, por se encontrar vivo.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Braga, numa ação da Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Esposende, com o reforço do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Barcelos.

“A enguia-europeia, que na fase larvar é conhecida por enguia juvenil/meixão, é uma espécie considerada em perigo e que tem sofrido grande redução em razão da pesca ilegal, impedindo desta forma o normal ciclo de reprodução, colocando em causa a sustentabilidade da espécie. O valor do meixão, no mercado final (países europeus e asiáticos), varia consoante os meses e pode alcançar um valor de seis mil euros por quilo”, recorda a GNR.

Comentários

topo