Mundo

Papa critica pessoas que escolhem adotar animais em vez de terem filhos

(c) LUSA
Partilhe esta notícia!

O Papa Francisco criticou as pessoas que escolhem adotar animais de estimação em vez de terem filhos. Papa Francisco acusa os casais que tomem esta decisão de assumirem uma atitude “egoísta”.

Numa audiência geral no Vaticano em que abordou o tema da paternidade, o pontífice lamentou que os animais de estimação “às vezes tomem o lugar das crianças” na sociedade, avançou o The Guardian.

“Hoje… vemos uma forma de egoísmo. Vemos que algumas pessoas não querem ter filhos “, disse ele. “Às vezes têm um e pronto, mas têm cachorros e gatos que tomam o lugar das crianças. Isto pode fazer as pessoas rirem, mas é uma realidade. ”

“É uma negação da paternidade e da maternidade e isso diminui-nos, tira-nos nossa humanidade”, acrescenta. Assim, “a civilização envelhece sem humanidade porque perdemos a riqueza da paternidade e da maternidade, e é o país que sofre”.

Comentários

topo