Barcelos

Proteção Civil visitou equipas de sapadores florestais de Barcelos

(C) CM Barcelos
Partilhe esta notícia!

O Vereador da Proteção Civil da Câmara Municipal de Barcelos, António Ribeiro, visitou hoje (14 de janeiro) as equipas de sapadores florestais do concelho de Barcelos, alocadas à Associação Florestal do Cávado, ao abrigo do Protocolo celebrado entre o Município de Barcelos e a referida associação.

Acompanhado pelo presidente da Associação Florestal do Cávado, Carlos Cação, o vereador aproveitou para visitar as duas equipas, uma na parte Norte do concelho (União de Freguesias de Quintiães e Aguiar) e outra na parte Sul (Monte de Airó) e confirmar os resultados positivos alcançados pela Equipa de Sapadores Florestais.

A visita realizou-se no âmbito da Prevenção e Defesa da Floresta Contra Incêndios, cumprindo as orientações do Plano de Defesa da Floresta que, em termos da prevenção estrutural, estão a ser executadas no terreno Mosaicos de Parcelas de Gestão de Combustíveis e Faixas de Gestão de Combustíveis, nos grandes maciços florestais do Concelho, nas áreas florestais confinantes com a rede viária florestal e em locais estratégicos.

António Ribeiro agradeceu o trabalho dos sapadores salientando: “o vosso trabalho constitui uma mais valia para a proteção do Concelho, no impacto que a vossa intervenção tem ao longo do ano para a prevenção de fogos e para a valorização do território” O vereador lembrou, ainda, que a “prevenção dos incêndios é responsabilidade de todos” e reforçou que “é importante o apelo à população para sinalizar situações de incumprimento da limpeza de terrenos”.

O presidente da Associação Florestal do Cávado destacou a parceria positiva que tem vindo a ser estabelecida com a autarquia referindo que durante o ano estas visitas serão mais recorrentes.

A equipa de sapadores florestais de Barcelos, protocolada entre o Município de Barcelos e a Associação Florestal do Cávado, sendo igualmente suportada pelo ICNF, tem vindo ao longo dos últimos anos a efetuar várias ações de silvicultura preventiva no concelho, especialmente junto da rede viária, sendo que, durante os dias de chuva, realiza manutenção de caminhos florestais e durante o período crítico faz vigilância de incêndios florestais, podendo participar em ações de primeira intervenção, apoio ao combate e rescaldo de incêndio.

No plano de atividades, para o ano 2022, está prevista a execução de faixas e mosaicos de gestão de combustíveis, num total de 78 hectares.

Comentários

topo