Braga

CDS-PP quer mais autoridade para as forças de segurança

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

“O PS e a ‘geringonça’ lidam muito mal com a autoridade. O desrespeito pelas forças da autoridade é cada vez maior. Há, inclusive, relatos de agressões a agentes da autoridade. E isto tem de acabar!”, afirma Areia de Carvalho, candidato do CDS-PP à Assembleia da República pelo círculo eleitoral de Braga, depois de uma jornada dedicada à segurança pública e à proteção civil na capital do distrito.

Nos últimos dias, na cidade de Braga, Areia de Carvalho, acompanhado por outros candidatos e pelo vereador da Câmara de Braga e presidente do CDS-Braga, Altino Bessa, teve reuniões com os comandos distritais da Polícia de Segurança Pública (PSP) e da Guarda Nacional Republicana (GNR), com os Bombeiros Voluntários de Braga, com os Sapadores de Braga e com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil para o distrito de Braga.

“Foi uma jornada sobre segurança pública e proteção civil que serviu para conhecer o ponto de situação em Braga e no distrito”, explicou Areia de Carvalho, que esta segunda-feira terminou a ronda ao visitar os Bombeiros Sapadores de Braga.

“Apesar de não haver em Braga problemas muito sérios de criminalidade violenta, a verdade é que cresce nas pessoas a sensação de insegurança. E as forças de segurança fazem das tripas coração para desempenhar cabalmente a sua função”, sublinha o candidato do CDS-PP, num vídeo divulgado esta segunda-feira na página da candidatura no Facebook.

https://bit.ly/3rRVGpI

Em jeito de balanço, após ter visitado as diversas instituições que cuidam da segurança e da proteção civil na capital do distrito de Braga, Areia de Carvalho considera que “nuns casos, é necessário um investimento forte para que possam existir boas instalações, noutros casos faltam equipamentos e noutros faltam recursos humanos”.

O CDS-PP propõe “que se consiga melhorar a coordenação para uma maior eficácia de todas estas forças” e considera ser necessário “que se mude o paradigma”, reforçando a autoridade das policias.

“Impõem-se um reforço da autoridade das forças de segurança para que todos nós nos sintamos mais seguros. Ao contribuirmos para dignificar as forças de segurança estamos a colaborar diretamente para criar um ambiente generalizado de segurança para todos nós”, realça Areia de Carvalho, que tem por objetivo a eleição de pelo menos um deputado num círculo eleitoral onde o CDS-PP teve sempre representação parlamentar.

Comentários

topo