Mundo

Papa agradece exemplo de unidade do povo marroquino na luta para salvar Rayan

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O papa Francisco agradeceu hoje ao povo de Marrocos pelo exemplo de unidade na luta para salvar Rayan, o rapaz de cinco anos que caiu num poço na terça-feira e que foi no sábado resgatado sem vida.

“Em Marrocos, um povo inteiro uniu-se para salvar Rayan”, afirmou o pontífice, citado pela agência de notícias espanhola EFE, no final da oração do Angelus dominical perante dezenas de fiéis reunidos na Praça de São Pedro, no Vaticano.

O papa apontou que entre as muitas más notícias há também “coisas belas”.

Francisco salientou que “toda a cidade estava a trabalhar para salvar uma criança” e, “embora tenham tentado tudo, infelizmente não conseguiram”, mas, realçou, “as fotografias de uma cidade à espera de salvar uma criança” mostram o seu “exemplo”.

“Obrigado a esta aldeia por este testemunho”, acrescentou o chefe da Igreja Católica.

Rayan caiu na terça-feira num poço de 32 metros de profundidade.

O caso do menino marroquino foi acompanhado em todo o mundo e desencadeou uma maré de solidariedade nas redes sociais com artistas, políticos e desportistas de todo o mundo a enviarem mensagens de solidariedade à família do rapaz.

Com Agência LUSA

Comentários

topo