Desporto

Abel Ferreira quer fazer história e vencer o Chelsea no mundial de clubes

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

O treinador do Palmeiras, Abel Ferreira, mostrou-se confiante, em vésperas da final do Mundial de clubes de futebol contra o Chelsea, ao afirmar que “é claro” que a sua equipa pode ganhar aos campeões europeus.

“É por isso que o futebol é mágico. Pode-se ganhar contra qualquer um. Toda a gente apostava na vitória do Manchester City na final da Liga dos Campeões e quem venceu foi o Chelsea. É claro que o Palmeiras pode ganhar ao Chelsea!” disse Abel Ferreira na conferência de imprensa de lançamento do jogo, em Abu Dhabi.

O Palmeiras, bicampeão da Taça Libertadores, em 2020 e 2021, defronta no sábado, na final do Mundial de clubes, o Chelsea, atual campeão europeu, no estádio Mohamed Bin Zayed, por um título que seria inédito para os dois clubes.

O técnico português considerou que o Palmeiras “não se pode comparar financeiramente” com os londrinos, mas considera que, “com coragem e bravura”, a sua equipa pode ganhar a final.

“Temos que combinar talento com trabalho, porque se o fizermos a vitória está mais próxima. Não sei o que vai acontecer, só sei qual é nosso objetivo e o que temos que fazer para o alcançar. Estou grato por jogar este jogo e os meus jogadores também. Queremos vencer, não há outra maneira de abordá-lo. E se quero ser o melhor, tenho que vencer os melhores”, acrescentou.

Ferreira disse que a principal diferença entre os dois clubes está “acima de tudo, na capacidade de contratar grandes jogadores, porque no que diz respeito aos valores universais, competitividade, organização e coletividade”, o Palmeiras está “ao nível dos melhores do mundo”.

Entretanto, Abel Ferreira convidou Pep Guardiola a conhecer pessoalmente o clube brasileiro, após o lapso cometido pelo técnico do Manchester City, para quem o vencedor da Libertadores foi o River Plate, da Argentina.

“Convidei-o a assistir ao jogo e a conhecer o Palmeiras”, disse o técnico português em tom de brincadeira, lembrando ao seu colega espanhol que até tem um jogador criado no Palmeiras sob seu comando no City, em alusão ao avançado brasileiro Gabriel Jesus, internacional ‘canarinho’.

O luso faz mesmo um desafio a Guardiola: “Ele que esteja atento, porque temos mais jogadores de grande qualidade. Como sei que ele gosta de conhecer novas pessoas, e eu também, seria um prazer almoçarmos ou jantarmos juntos um dia”.

O treinador português respondia assim a uma pergunta sobre o lapso recente de Guardiola, que julgava que o atual detentor da Taça Libertadores era o River Plate e não o Palmeiras, vencedor das duas últimas edições daquele torneio.

O Palmeiras apurou-se para a final do Mundial de Clubes depois de vencer o Al-Ahly, do Egito por 2-0, enquanto o Chelsea venceu o Al Hilal, da Arábia Saudita, por 1-0.

Comentários

topo