Vila Verde

Feveveiro, mês do romance, dinheiro gasto e fotos da presidente de Vila Verde

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A 18ª edição do Concurso Internacional de moda de Vila Verde, marcada para de 14 de fevereiro, no parque industrial de Gême, realizou-se, este ano, em moldes diferentes. A pandemia obrigou a que o evento deixasse de ter jantar, lugares limitados e por isso, foi transmitido on-line. A concurso estiveram 83 coordenados, um deles de Espanha e, pela primeira vez, um vindo da Madeira, numa gala apresentada por Maria Cerqueira Gomes.

As modelos Kika Cerqueira Gomes, Cheyenne Feliz, Ana Elisa e Edir foram os destaques nas passerelles cuja animação musical ficou a cargo da Orquestra Viv’Arte com FF como vocalista e a participação especial de Daniel Fernandes. Cinco estilistas consagrados, Anabela Baldaque, Natália Mil-Homens Pereira, Rafael Freitas, Luís Carvalho e Nuno Gama vão apresentar os seus modelos inspirados no romance e nos lenços dos namorados.

A presidente da câmara de Vila Verde apresentou os pormenores do certame, destacando a participação de 14 instituições de ensino e os oito prémios a concurso. “A gala, este ano, vai obedecer a um conjunto de regras diferentes por causa da situação pandémica. Não vamos ter jantar e a entrada terá que ser feita com o comprovativo de certificação da vacinação e teste negativo”.

Fracasso na transmissão online que custou cerca de 70 mil euros

A organização da Gala Namorar Portugal esteve a cargo da empresa Simultâneo de Ideias e Música Produção de Eventos Culturais, Lda, com sede em Bragança e mais de 20 anos de experiência em produção de eventos. A Câmara Municipal de Vila Verde contratou o serviço pelo valor de 57.650,00€ + IVA.

Analisando os dados do direto do evento o vídeo não chegou às 5 mil visualizações e, em direto, não estiveram mais de 500 pessoas em simultâneo, alem dos comentários serem de pessoas com residência fora do concelho, amigos dos criadores e há comentários repetidos através pessoas que fazem muitos comentários com a mesma conta (perfil).

Gala ‘Namorar Portugal’ custa milhares a Vila Verde e nem 5 mil pessoas assistiram

Júlia Fernandes, presidente da Câmara de Vila Verde aparece todos os dias em rtedse3s sociais, jornais e imprensa (patrocinada)

O “Mês do Romance” em Vila Verde é uma montra para Júlia Fernandes desde a data da sua criação. Como vereadora e agora como presidente de Câmara, não passa despercebida nas redes sociais e alguma imprensa local, a quantidade de fotos em que os lenços de namorados perdem destaque e os click’s vão para Júlia Fernandes.

28 dias em que as páginas do Município geridas por funcionários públicos, ao invés de promoverem os produtos, tratam de ‘forma especial’ das fotografias que aparecem e são colocadas nas publicações públicas do Município e da página Namorar Portugal.

Comentários

topo