Mundo

PAN solidário com povo ucraniano e repudia “fortemente ofensiva russa”

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O PAN repudiou hoje “fortemente a ofensiva russa” contra a Ucrânia e manifestou a sua solidariedade para com o povo ucraniano, pedindo “todos os esforços” da comunidade internacional para o restabelecimento da paz, segundo avança a Visão.

“Desde logo queríamos manifestar a nossa solidariedade para com o povo ucraniano, não só com todos aqueles que estão neste momento a ser afetados pela invasão russa, como também apelar ao Governo que receba e que promova o reagrupamento familiar de todas as pessoas que possam querer vir para Portugal”, afirmou a porta-voz do PAN.

“O planeta precisa a este tempo de paz, não precisamos de uma guerra”, salientou, defendendo que “era importante que o mundo estivesse a este tempo focado no combate às alterações climáticas, à retoma socioeconómica”, porque atravessa ainda “uma crise sanitária sem precedentes”, provocada pela covid-19, e com “consequências socioeconómicas”.

“Essa são as guerras que deveríamos estar a travar e não ter uma potencial terceira guerra mundial, e é fundamental que a própria Rússia tenha a consciência da inconsequência dos seus atos para a estabilidade mundial”, criticou a líder do partido Pessoas-Animais-Natureza.

Na sua ótica, “aquilo que a Rússia está a fazer de, por uma questão de ocupação do território, vir mais uma vez oprimir o povo ucraniano, é de facto inqualificável e deve merecer por parte da comunidade internacional todos os esforços para que a paz seja restabelecida, para que as ofensivas militares sejam retiradas e se possa promover o restabelecimento da paz”.

Comentários

topo