Mundo

Putin diz que ataque à Ucrânia era inevitável: “Não tinha outra maneira”

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que o seu país “não tinha outra maneira” de se defender a não ser lançar um ataque à Ucrânia: “O que está a acontecer agora é uma medida coerciva. Porque não temos outra forma de fazer o contrário”, disse Putin, durante uma reunião com empresários, em Moscovo, que foi difundida pelas estações televisivas.

“Os riscos de segurança criados eram tais que era impossível reagir de outra forma”, explicou Putin, questionando a intransigência de Kiev e do Ocidente em relação às exigências de segurança apresentadas pela Rússia, nos últimos meses.

Putin também assegurou que a Rússia não quer minar o sistema económico e não quer ser excluído dele, reagindo ao anúncio de sanções que estão a afetar duramente os mercados e a moeda russa.

Comentários

topo