Mundo

Tropas russas avançam sobre Kiev enquanto líder ucraniano pede ajuda

Imagens mostram devastação urbana causada por ataques russos em Starobelsk, cidade situada na província de Luhansk, um dos territórios separatistas na Ucrânia. © Twitter
Imagens mostram devastação urbana causada por ataques russos em Starobelsk, cidade situada na província de Luhansk, um dos territórios separatistas na Ucrânia © Twitter
Partilhe esta notícia!

Vários mísseis atingiram a capital ucraniana nesta sexta-feira, enquanto as forças russas pressionavam o seu avanço. O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky implorou à comunidade internacional que faça mais, dizendo que as sanções anunciadas até agora não foram suficientes, avança a Reuters.

As sirenes de ataque aéreo soaram sobre Kiev ao mesmo tempo que relatos não confirmados de que um avião russo foi derrubado e colidiu com um prédio, um dia após a que o presidente russo, Vladimir Putin, lançou uma invasão que chocou o mundo.

A Reuters cita ainda um alto funcionário ucraniano que afirma que as forças russas entraram em zonas próximas à capital, Kiev, nesta sexta-feira e que as tropas ucranianas estavam a defender posições em quatro frentes, apesar de estarem em menor número.

Estima-se que 100.000 pessoas fugiram no momento em que explosões e tiros atingiram as principais cidades. Dezenas foram dados como mortos. Tropas russas tomaram a antiga central nuclear de Chernobyl, ao norte de Kiev, enquanto avançavam sobre a cidade a partir da Bielorrússia.

Comentários

topo