Mundo

Papa apela à paz para que mundo seja protegido “da loucura da guerra”

Partilhe esta notícia!

O Papa Francisco apelou hoje à paz para que o mundo seja protegido “da loucura da guerra” numa mensagem publicada nas redes sociais em várias línguas, incluindo russo e ucraniano, acompanhada das palavras “rezemos juntos” e “Ucrânia”.

“Jesus ensinou-nos que a diabólica insensatez da violência é respondida com as armas de Deus, com a oração e o jejum. A Rainha da Paz preserva o mundo da loucura da guerra”, escreveu Francisco nas redes sociais em várias línguas, incluindo ucraniano, russo, italiano, inglês e espanhol.

Na sexta-feira, publicou outro comentário em que se lia “a guerra é um fracasso da política e da humanidade, uma vergonhosa rendição”.

No mesmo dia, o Papa foi pessoalmente à embaixada russa na Santa Sé para expressar ao embaixador, Alexander Avdeev, a sua preocupação com o ataque da Rússia à Ucrânia, confirmou o gabinete de comunicações do Vaticano.

À tarde, teve uma conversa telefónica com o chefe da Igreja Católica Grega Ucraniana, Sviatoslav Shevchuk, a quem garantiu que faria “tudo o que pudesse”, segundo uma decalaração desta igreja.

A Rússia lançou na quinta-feira de madrugada uma ofensiva militar na Ucrânia, com forças terrestres e bombardeamento de alvos em várias cidades, que já provocaram pelo menos 198 mortos, incluindo civis, e mais de 1.100 feridos, em território ucraniano, segundo Kiev. A ONU deu conta de 120.000 deslocados desde o primeiro dia de combates.

Comentários

topo