Mundo

Decisão “histórica”: Finlândia vai fornecer armas à Ucrânia contra invasão

Partilhe esta notícia!

A Finlândia – membro da União Europeia, mas não da NATO – anunciou esta segunda-feira a decisão “histórica” de fornecer armas à Ucrânia, na sequência da invasão russa.

“A Finlândia fornecerá assistência militar à Ucrânia. Esta é uma decisão histórica para a Finlândia”, disse a primeira-ministra finlandesa, Sanna Marin, durante uma conferência de imprensa.

Segundo o ministro da Defesa, Antti Kaikkonen, a Finlândia fornecerá 2.500 armas de assalto, 150 mil munições, 1.500 lança-roquetes e 70 mil rações de campanha, precisou

Recorde-se que também a Alemanha anunciou no passado sábado (26) que iria entregar à Ucrânia mil lança-roquetes e 500 mísseis terra-ar do tipo ‘Stinger’ para a ajudar o país a defender-se da invasão militar da Rússia.

Tradicionalmente, a Finlândia, que tem mais de 1.300 quilómetros de fronteira com o vizinho russo, não exporta armas para zonas de conflito.

Até agora, este país nórdico apenas tinha decidido enviar coletes à prova de balas, capacetes e um hospital móvel para a Ucrânia, para apoiar este país contra o exército russo.

Também a Suécia informou no sábado que o país tomou a “decisão excecional”, sem precedentes desde 1939, quando a Suécia ajudou a Finlândia invadida pela União Soviética, que enviará 5 mil lança-roquetes antitanque para a Ucrânia.

*com Lusa – Foto: © 2022 Palinchak / Semanário V

Comentários

topo