Mundo

Autoridades ucranianas relatam forte explosão perto de estação ferroviária em Kiev

(c) Semanário V
Partilhe esta notícia!

Autoridades ucranianas relatam forte explosão perto de estação ferroviária em Kiev. O gabinete do Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse à agência de notícias AP na noite de hoje que foi um ataque com mísseis.

A Presidência ucraniana adiantou que não ficou claro se houve vítimas ou onde o míssil atingiu exatamente.

A Rússia voltou hoje a bombardear Kharkiv, a segunda maior cidade ucraniana, num ataque que matou pelo menos 21 pessoas e feriu 112, destruindo diversos prédios, informaram autoridades ucranianas.

“Kharkiv é hoje a Estalinegrado do século XXI”, disse Oleksiy Arestovich, alto conselheiro da Presidência ucraniana, fazendo a comparação com um episódio histórico, quando, durante cinco meses, o Exército soviético defendeu aquela cidade russa das forças nazis, durante a Segunda Guerra Mundial.

Os ataques russos, muitos com mísseis, fizeram explodir o telhado do prédio da sede da polícia regional em Kharkiv e também atingiram a sede dos serviços de informações e um prédio da universidade, para além de edifícios residenciais, de acordo com autoridades ucranianas.

Comentários

topo