Braga

Braga sem sentimento de desforra com o Boavista pela goleada na Taça da Liga

© Facebook / SC Braga
Partilhe esta notícia!

O treinador do Sporting de Braga garantiu hoje não existir um sentimento de desforra na deslocação ao terreno do Boavista, no sábado, para a 25.ª jornada da I Liga de futebol, pela goleada sofrida na Taça da Liga.

Os minhotos foram então goleados por 5-1 no Estádio do Bessa, no Porto, em dezembro do ano passado, na fase de grupos da Taça da Liga, e Carlos Carvalhal elegeu essa derrota como o pior momento desde que está no Sporting de Braga, mas recusou a ideia de desforra, defendendo que prepara os jogos todos da mesma forma e que este é um “jogo de campeonato” e, por isso, “um jogo diferente”.

O Sporting de Braga vai enfrentar um Boavista que venceu fora o Estoril Praia (3-2), na última jornada, não perde há quatro rondas seguidas e, nas últimas 10, apenas sofreu uma derrota.

“Espero um jogo difícil, jogar no Bessa é sempre difícil, é uma equipa agressiva, no bom sentido, vai criar-nos dificuldades, mas nós também queremos criar-lhes. O Boavista vai lutar pelos três pontos e o Braga também. Na Taça da Liga, demos três golos ao adversário e vimo-nos a perder por 3-0, são erros que não se podem repetir. É preciso ambição e um espírito forte, acredito muito na capacidade da minha equipa e no seu caráter, vamos precisar desses argumentos para trazer pontos do Estádio do Bessa”, disse na antevisão da partida.

Carlos Carvalhal destacou a estabilidade defensiva da equipa nos últimos jogos, e o papel nisso desempenhado por David Carmo, de regresso à equipa um ano depois de grave lesão, tendo notado que o Sporting de Braga já igualou o melhor registo de jogos sem sofrer golos do ano passado no campeonato (11).

“O David [Carmo] veio trazer estabilidade e qualidade bastante significativa fundamentalmente na construção a partir de trás, que era um problema que tínhamos desde a lesão do Sequeira”, explicou.

Os bracarenses empataram 0-0 na última jornada, na segunda-feira, na receção ao Santa Clara, num jogo em que não conseguiram tirar partido do facto de o adversário ter terminado com apenas nove jogadores.

Carlos Carvalhal considerou que, para esse resultado, também contribuiu o embate europeu de 120 minutos, mais o desempate por grandes penalidades, quatro dias antes, com o Sheriff, que carimbou o acesso aos oitavos de final da Liga Europa.

“Quem joga nas competições europeias teve dificuldades na última jornada, como o FC Porto [que empatou, em casa, com o Gil Vicente, 1-1], não acontece só ao Sporting de Braga”, referiu.

O Sporting de Braga recebe o Mónaco na quinta-feira, na primeira mão dos ‘oitavos’ da Liga Europa, mas o técnico recusou o risco de os jogadores poderem pensar já nesse desafio.

“Isso podia acontecer num clube que não estivesse habituado a jogar numa competição europeia, se fosse novidade. No Sporting de Braga, andamos nas competições a tentar chegar o mais longe possível. O foco está de tal forma no jogo com o Boavista que eu sei ainda muito pouco sobre o Mónaco, a partir de domingo já saberei”, salientou.

O treinador considerou que a equipa teve recentemente “problemas no meio-campo” dadas as lesões de Gorby e Lucas Mineiro e o castigo de André Horta, mas que, com o regresso deste último, o panorama está mais desanuviado.

“Ficámos reduzidos a dois médios, todo o esforço recaiu sobre o Al Musrati e o Castro, o que é manifestamente pouco, teria sido bom termos mais capacidade de rotatividade. O Al Musrati ressentiu-se do esforço, mas já está no máximo das capacidades, com o regresso do André Horta permite-nos ter mais uma opção, mais a chamada do Schurrle”, disse.

A cumprir a oitava temporada no Sporting de Braga, Matheus, de 29 anos, tem proposta para renovar, o que Carvalhal considera ser “uma excelente opção” para ambas as partes.

“O Matheus é um excelente guarda-redes, de equipa grande, que quando está a ‘frio’ tem duas ou três situações em que ajuda a equipa e isso é o mais difícil para um guarda-redes, mas ele tem esse perfil. É um jogador de equipa, muito importante no balneário”, considerou.

Sequeira, Lucas Mineiro, Gorby e Roger, lesionados, estão de fora do jogo com os ‘axadrezados’.

Sporting de Braga, quarto classificado, com 45 pontos, e Boavista, 13.º, com 25, defrontam-se no sábado, a partir das 15:30, no Estádio do Bessa, no Porto, jogo que será arbitrado por Manuel Oliveira, da associação do Porto.

Comentários

topo