País

Missão Continente lança campanha nacional de apoio ao povo da Ucrânia

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Para fazer face à situação de emergência social que assola a Ucrânia, a Missão Continente está a organizar uma recolha de fundos por todo o país, através das lojas de várias marcas, de 04 a 27 de março, num esforço conjunto com a Cruz Vermelha Portuguesa e a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, que integra a maior rede humanitária do mundo e coordena o socorro internacional prestado pelas sociedades nacionais às vítimas de catástrofes.

Pela primeira vez, a Missão Continente alarga a sua campanha a outras marcas da MC e grupo Sonae: a iniciativa ‘Missão de Apoio à Ucrânia’ decorre nas lojas Continente, Continente Modelo, Continente Bom Dia, Continente Online, Meu Super, Go Natural, Bagga, Wells, Dr. Well´s, note!, ZU, Home Story e MO de todo o país, através da venda de vales de 1€ ou 5€.

Todo o valor recolhido será doado ao Fundo de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa, dando resposta às necessidades da população ucraniana identificadas no terreno, com todo o tipo de material que for necessário (como tendas, mantas, alimentos e medicamentos), bem como aos refugiados que, entretanto, chegarem a Portugal (com roupa, alimentos e medicamentos).

A Missão Continente inicia esta campanha de emergência com um donativo de 50 mil euros que juntará ao valor angariado nas lojas.

“Perante a grave crise que está a assolar a Europa, a Missão Continente não pode ficar indiferente e reuniu esforços para, numa resposta imediata, criar condições de apoio ao povo ucraniano. Através da parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa e a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho confiamos na solidariedade dos portugueses para que o apoio chegue aos que mais precisam nas zonas fronteiriças da Ucrânia e no nosso país aquando da chegada dos refugiados” refere José Fortunato, Presidente da Missão Continente.

“A Cruz Vermelha Portuguesa está, em coordenação com o Comité e com a Federação Internacional da Cruz Vermelha, a construir para dar respostas às vítimas do conflito. Nesta fase, o importante é garantir as condições financeiras para que as equipas no terreno possam cumprir a sua missão. A generosidade dos portugueses tem sido, uma vez mais, comovente. Bem como das empresas que lançam iniciativas, como esta da Missão Continente, que dão corpo à sua missão de responsabilidade social. Esta campanha surge na hora certa e estamos certos de que os portugueses vão, novamente, dizer presente. A todos, desde já, muito obrigada”, afirma Ana Jorge, Presidente da Cruz Vermelha Portuguesa.

O Fundo de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa existe para financiar a resposta de emergência a catástrofes, desastres e a outras situações excecionais, permitindo levar os recursos e a ajuda necessária, de forma rápida e eficiente, junto das pessoas que têm a sua a vida, saúde ou dignidade ameaçadas. Desta forma, estão aptos para distribuir alimentação adequada, fornecer água potável, instalar sistemas de higiene e saneamento básico e abrigo temporário, bem como prestar cuidados médicos, incluindo apoio psicológico, na sequência de uma catástrofe. E, depois de a ameaça passar, dar o apoio necessário na reabilitação das pessoas e comunidades afetadas. A ação humanitária do Fundo de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa é neutra, imparcial e apoia as pessoas mais vulneráveis.

A Missão Continente tem estado sempre na linha da frente na resposta a situações de emergência que assolam as populações, organizando campanhas de abrangência e impacto nacional como “Nunca Desistir” e “Todos por Todos” aquando da crise pandémica no país, e mais recentemente a campanha “Luzes com Presença” de combate à solidão e isolamento social, sempre em estreita colaboração com vários parceiros de atuação local e nacional.

Mais informações aqui

Comentários

topo