Desporto

FC Porto bate Paços e segura seis pontos de vantagem na liderança

Partilhe esta notícia!

O FC Porto venceu hoje em casa do Paços de Ferreira por 4-2, na 25.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, respondendo ao Sporting e mantendo em seis pontos a vantagem na liderança do campeonato.

Antes de receber o Lyon, para a primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa, na quarta-feira, os ‘dragões’ construíram um triunfo sólido em Paços, mesmo que a equipa da casa tenha ‘ameaçado’ por vezes o domínio ‘azul e branco’.

O brasileiro Pepê abriu a contagem aos 17 minutos, o chileno Juan Delgado ainda empatou aos 31 minutos, mas o também ‘canarinho’ Evanilson fez o 2-1, aos 38, ‘bisou’, aos 52, e Taremi fez o quarto para os ‘dragões’, aos 59, marcando o 17.º golo da época em todas as competições, já depois de fazer duas das 15 assistências que já leva nesta temporada.

Nico Gaitán, o argentino ex-Benfica, que também passou pelo Sporting de Braga em 2020/21, ainda reduziu, aos 66 minutos, mas os anfitriões já não voltaram a colocar em causa o 53.º jogo seguido sem perder na I Liga para os ‘azuis e brancos’.

Foi na Mata Real, com um 3-2 em 30 de outubro de 2020, que a equipa de Sérgio Conceição perdeu pela última vez, mas o destino foi diferente hoje.

A vitória mantém o campeão Sporting a seis pontos, depois de os ‘leões’ terem vencido em Alvalade o Arouca por 2-0, no sábado. O Paços é 10.º, com 27, e interrompeu uma série de duas vitórias seguidas.

Em Moreira de Cónegos, um golo do defesa central brasileiro Matheus Costa, aos 30 minutos, bastou para o Marítimo bater o Moreirense, colocando-se à condição no sexto posto do campeonato.

Os insulares puseram fim a uma série de dois jogos sem vencer, com um triunfo nos últimos seis, e agora subiu aos 32 pontos, aproveitando o empate sem golos do Estoril Praia com o Gil Vicente.

O Vitória de Guimarães soma 30 pontos, jogando hoje com o Famalicão, e o Portimonense saiu derrotado do embate com o Benfica, por 2-1, pelo que na pior das hipóteses os madeirenses acabam a ronda no sétimo lugar.

No fundo da tabela, o Moreirense não aproveitou a derrota do Arouca e não vai sair do 17.º e penúltimo posto, primeiro de despromoção direta, acima apenas da Belenenses SAD, que na segunda-feira defronta o Tondela (16.º).

Ainda hoje, às 19:30 em São Miguel (20:30 em Lisboa), o 13.º classificado Santa Clara procura pôr fim a quatro jogos seguidos sem vencer, três deles empates, na receção ao Vizela, que é 14.º a dois pontos dos insulares e não vence há igual número de jornadas.

No Minho, um dos vários dérbis desta região opõe hoje o Vitória de Guimarães ao Famalicão, pelas 20:30, com os vimaranenses a contarem por derrotas os últimos três jogos e a precisarem de somar pontos para subirem do sétimo lugar que ocupam.

Se os vizinhos querem continuar atrás do ‘comboio’ do acesso às competições europeias, os famalicenses são 11.º classificados, seis pontos acima da ‘linha de água’, fruto de um bom momento de forma, com três vitórias seguidas.

Comentários

topo