Mundo

Camião derruba portões da embaixada russa em protesto contra a guerra (Vídeo)

Partilhe esta notícia!

A Embaixada da Rússia na Irlanda tem sido foco de protestos contra a invasão russa na Ucrânia. Têm sido feitas várias pichagens nos muros exteriores da embaixada, pedindo para que o embaixador russo Yuriy Filatov e outros diplomatas sejam expulsos do país.

Um homem, levou os protestos a outro patamar, e embateu com o seu próprio camião pelos portões da embaixada russa em Dublin.

O episódio de hoje levou a que polícia irlandesa fosse chamada ao local em Orwell Road, no sul de Dublin, por volta das 13h30. O condutor foi detido.

O momento foi captado em vídeo, que o Semanário V teve acesso.

Já no segundo dia (25 de fevereiro) após o início da operação militar russa, a comitiva do embaixador russo na Irlanda, Yuriy Filatov, foi hostilizada durante um protesto contra a invasão russa à Ucrânia, em Dublin.

A rua em frente à embaixada russa na cidade foi fechada pelos manifestantes que levantavam bandeiras da Ucrânia, cartazes, e usaram megafones para protestar contra a invasão: “Putin é um mentiroso” e “saiam da Ucrânia.”

A viatura de Yuriy Filatov tentou passar, e o clima intensificou-se, tendo alguns manifestantes lançado àgua para o carro enquanto o cobriam com bandeiras da Ucrânia.

Comitiva de embaixador russo é hostilizada em protesto na Irlanda © Redes sociais

A Rússia lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que, segundo as autoridades de Kiev, já fez mais de 2.000 mortos entre a população civil.

Os ataques provocaram também a fuga de mais de 1,5 milhões de pessoas para os países vizinhos, de acordo com a ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

Comentários

topo