Mundo

Cotação do Brent cai 6,61% com negociações ucraniano-russas e covid na China

Partilhe esta notícia!

A cotação do barril de petróleo Brent para entrega em maio terminou hoje no mercado de futuros de Londres em baixa de 6,61%, para os 105,14 dólares.

O crude do Mar do Norte, de referência na Europa, concluiu a sessão no International Exchange Futures a cotar 7,44 dólares abaixo dos 112,58 com que fechou as transações na sexta-feira.

A evolução do preço está a ser associada às negociações entre ucranianos e russos, bem como ao confinamento imposto pelo governo chinês à cidade de Shenzhen, com 17 milhões de habitantes, devido a mais um surto do novo coronavirus.

Na segunda-feira, os representantes ucranianos e russos tiveram “negociações difíceis”, declarou o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky.

A quarta sessão de negociações vai decorrer na terça-feira.

Estas discussões “suscitam otimismo”, afirmou Walid Koudmani, analista na XTB, mas a acalmia pode ser de curta duração, uma vez que as cotações podem voltar a ter um crescimento acentuado se ocorrer “um qualquer acontecimento relevante”.

Há uma semana, o Brent atingiu os 139,13 dólares, o nível mais elevado desde a crise financeira de 2008.

Comentários

topo