País

12 toneladas de bens recolhidos pelo Boavista já a caminho da Ucrânia

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Um camião com 12 toneladas de bens essenciais recolhidos numa ação solidária promovida pelo Boavista partiu com destino à Ucrânia, cuja população tem sido afetada pela invasão russa, anunciou o clube da I Liga de futebol.

Realizada em parceria com o Lions Clube e o Leo Clube da Boavista, a iniciativa decorreu na semana prévia ao jogo com o Sporting de Braga (1-1), em 05 de março, da 25.ª jornada, aceitando doações de roupa, calçado, produtos de higiene pessoal, alimentos e bebidas.

À causa associaram-se adeptos, plantel e equipa técnica dos ‘axadrezados’, sendo que, em 10 de março, os atletas Sebastián Pérez, Luís Santos, Kenji Gorré e Miguel Reisinho ajudaram 40 voluntários do Lions Clube da Boavista na preparação logística do camião.

O Boavista, 13.º colocado, com 27 pontos, sete acima da zona de descida direta, prepara o dérbi da ‘Invicta’ frente ao FC Porto, líder isolado, com 70, agendado para as 20:45 de domingo, no Estádio do Bessa, no Porto, na conclusão da 27.ª jornada da I Liga.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia, que já causou pelo menos 691 mortos e mais de 1.140 feridos, incluindo algumas dezenas de crianças, e provocou a fuga de cerca de 4,8 milhões de pessoas, entre as quais três milhões para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

Com Agência LUSA

Comentários

topo