Mundo

Zelensky pede ajuda aos EUA e cita Pearl Harbor e ataques de 11 de setembro

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O Presidente da Ucrânia pediu hoje aos Estados Unidos ajuda para obter uma zona de exclusão aérea e citou os ataques a Pearl Harbor e 11 de setembro para comparar os horrores que o povo ucraniano tem vivido.

Volodymyr Zelensky dirigiu-se ao Congresso dos Estados Unidos da América e recordou as tragédias passadas que atingiram os norte-americanos, pedindo ajuda para impedir os ataques aéreos da Rússia.

“Precisamos de vocês agora”, apelou.

A Rússia lançou a 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já causou pelo menos 691 mortos e mais de 1.140 feridos, incluindo algumas dezenas de crianças, e provocou a fuga de cerca de 4,8 milhões de pessoas, entre as quais três milhões para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

Comentários

topo