Vila Verde

EPATV em Vila Verde recebe exposição de discos raros de Amália Rodrigues

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Uma coleção única, propriedade do investigador e editor de música tradicional portuguesa José Moças, constituída por capas dos vinis editados por Amália Rodrigues em todo o mundo, vai estar patente ao público, na Escola Profissional Amar Terra Verde, em Vila Verde, entre 28 de março e 30 de abril.

Entre outras raridades, estarão expostos os primeiros registos sonoros realizados por Amália, dezasseis fados em oito discos de 78 rotações gravados no Brasil em 1945.

A exposição, constituída por cerca de sete centenas de publicações fonográficas, com capas de grande beleza e muito raras, dá conta da universalidade da mais famosa cantora portuguesa e do seu notável percurso e sucesso musical além-fronteiras.

A exposição será inaugurada pelas 10h00 do dia 28 de março, e poderá ser visitada de segunda a sexta, entre as 09h00 e as 17h00.

Comentários

topo