Tecnologia

Jovens empreendedores trocam experiências e melhoram ideias de negócio

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O Encontro Internacional de Jovens Empreendedores realiza-se hoje e quinta feira na cidade espanhola de Zamora.

A oitava edição deste encontro, que nasceu na Escola Superior de Ciências Empresariais (ESCE) do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), pretende consolidar o gosto pelo “empreendedorismo” junto da comunidade académica. Esta iniciativa de “trabalho colaborativo e pioneira” é para o diretor da ESCE-IPVC, Luís Barreto, “uma troca de experiências e de interculturalidade que permite aos alunos melhorarem ideias de negócio”. Para o ano, o encontro tem lugar marcado na cidade de Viseu.

Subordinado ao tema “Projeta o teu futuro”, o encontro deste ano envolve, além da ESCE-IPVC, o Instituto Politécnico Superior de Bragança, o Centro Regional Braga da Universidade Católica Portuguesa, a Escola de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Bragança (UNIAG-Unidade de Investigação Aplicada à Gestão), o Instituto Politécnico de Viseu, a Faculdade de Direito da Universidade de Santiago de Compostela, a Faculdade de Ciências Económicas e Empresarias da Universidade de Santiago de Compostela, a Fundación Escuela Universitaria de Relaciones Laborales de A Coruña (ERLAC), a Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais da Universidade de Vigo e a Escola Politécnica Superior de Zamora – Universidade de Salamanca.
A ideia surgiu na Escola Superior de Ciências Empresariais (ESCE) com o objetivo de criar “um projeto integrado, que seria muito importante para a partilha de experiências na área do empreendedorismo no ensino superior”, justifica o diretor da ESCE-IPVC, lembrando que o primeiro encontro aconteceu em 2014 com a participação também da Universidade de Santiago de Compostela, que “abraçou esta ideia desde a primeira hora”.
Esta é a oitava edição, sendo que em 2020 não se realizou por causa da pandemia e o ano passado o encontro aconteceu em formato on-line. Este ano, o encontro acontece na cidade espanhola de Zamora. “Temos vindo a crescer e o objetivo é continuar a agregar mais instituições do ensino superior com o objetivo de partilharmos experiências no âmbito do empreendedorismo e formar os jovens com esta troca de experiências”, assume Luís Barreto.

Além desta troca de experiências, o “maior ganho” destes encontros, continua o diretor da ESCE-IPVC, “é a interculturalidade que vem enriquecer, e muito, as ideias e os conhecimentos destes jovens”. Os participantes conseguem, durante os encontros, “melhorar as ideias de negócio que apresentam”, assegura.
O evento é dirigido principalmente a estudantes graduados de instituições do ensino superior do norte de Espanha e do norte de Portugal. Em cada encontro abordam-se temáticas ligadas à inovação e ao empreendedorismo onde os alunos desenvolvem e potenciam as suas capacidades e apresentam ainda os seus projetos de negócio. Além da vertente formativa e informativa, o evento tem também uma vertente competitiva. Este ano os projetos em competição por parte da ESCE são: Eulália, Brancaptar, Conguedo Baits; Box Plus, Friends for You (FFY) e Secret Flavor. Pretende-se com isto que os inscritos exibam os seus projetos empresariais, num contexto de colaboração internacional, onde são avaliados por um júri especializado e premiadas as três melhores ideias, havendo prémios para os alunos portugueses e espanhóis.

Os alunos da ESCE-IPVC apresentam ideias de negócio “diversificadas”, desde produtos agrícolas, uma caixa de proteção de casa, brinquedos para crianças com deficiência, socas feitas com material reciclado e até uma plataforma digital que potencia encontros com alunos Erasmus.

Comentários

topo