Braga

LE. Treinador do Rangers quer mudar de ‘chip’ com Braga após derrota com Celtic

Partilhe esta notícia!

O treinador do Rangers, Giovanni van Bronckhorst, apelou hoje aos seus jogadores para mudarem de ‘chip’ para enfrentarem o Sporting de Braga, na quinta-feira, na primeira mão dos quartos de final da Liga Europa de futebol.

Segundo classificado do campeonato escocês, o Rangers vem de uma derrota caseira no dérbi de Glasgow com o Celtic (2-1), tendo ficado a seis pontos dos grandes rivais na tabela classificativa. Giovanni van Bronckhort admite que a equipa ficou “triste e desapontada” com esse resultado e quer que os seus jogadores mudem o ‘chip’ para a eliminatória europeia.

“Temos todos que mudar o ‘chip’, é a única coisa a fazer. Esse jogo já é passado e o presente é este jogo com o Braga”, reforçou em conferência de imprensa, hoje de manhã, ainda em Glasgow.

Para o técnico neerlandês, esta “é uma grande oportunidade, e rara para alguns jogadores, de seguirem em frente numa competição europeia”.

“Temos que trabalhar arduamente e jogar bem amanhã [quinta-feira] e na próxima semana [segunda mão] para podermos ultrapassar o Braga e seguir para as meias-finais”, disse.

O técnico do Rangers elogiou o Sporting de Braga, “uma boa equipa, que ganhou ao Benfica na última semana [3-2]. É um adversário complicado de ultrapassar”, disse, destacando ainda o facto de os minhotos terem eliminado o Sheriff e o Mónaco.

“Não acho que haja um jogador que se destaque no Braga. Vimos alguns jogos europeus e frente ao Benfica e é um adversário forte. As equipas portuguesas são sempre complicadas de defender, são rápidas nas transições e, em termos defensivos, são muito organizadas”, disse.

Giovanni van Bronckhorst desvalorizou ainda a eventual menor experiência do Sporting de Braga pela grande aposta em jogadores mais jovens esta época, notando que “é preciso experiência para ganhar ao Mónaco e ao Sheriff – o Braga é uma equipa forte, organizada, com bons processos coletivos, é uma mistura de todos estes atributos”, frisou.

O treinador notou que “é raro para uma equipa escocesa” estar ainda nas competições europeias, mas lembrou que o Rangers tem tido boas prestações na ‘Europa’ nos últimos anos, lembrando os tempos de Steven Gerard como treinador, durante os quais, na temporada 2019/20, atingiu os oitavos de final após eliminar o Sporting de Braga nos ’16 avos’, com vitórias em Glasgow (3-2) e em Braga (1-0).

“Sei que jogou com o Rangers há dois anos, mas as equipas são diferentes, não podemos comparar”, referiu a propósito.

O avançado colombiano Alfredo Morelos, melhor marcador da equipa, é ausência confirmada para a eliminatória devido a lesão, algo que o técnico neerlandês lamentou, considerando-a “uma grande baixa”.

O defesa-esquerdo Calvin Bassey apelou à união da equipa após o jogo com o Celtic, esperando que essa derrota “não tenha muito impacto” na quinta-feira.

“O Braga é uma boa equipa, temos muita esperança em alcançar a próxima fase, mas temos que estar ao nosso melhor. Temos confiança, ultrapassámos o Borussia de Dortmund, o que temos feito na Liga Europa é excelente e queremos manter a mesma paixão e obter um bom resultado em Portugal”, disse.

Sporting de Braga e Rangers defrontam-se a partir das 20:00 de quinta-feira, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado pelo italiano Davide Massa.

Comentários

topo