Mundo

Soldados ucranianos matam militares russos capturados e destroem tanques

(c) Twitter
Partilhe esta notícia!

Um vídeo partilhado no Telegram,  mostra, ao que tudo indica, soldados ucranianos a disparar contra prisioneiros de guerra russos, que estão no chão, desarmados e feridos.

No vídeo é possível ver quatro soldados russos deitados no chão, aparentemente imóveis, alguns com ferimentos na cabeça e um deles com as mãos atadas atrás das costas.

O vídeo termina com o aviso: “Não venham para a nossa terra”

Apesar de estarem identificados como forças ucranianas, não foi possível comprovar a identidade dos soldados que disparam. A BBC tentou o reconhecimento facial, através dos dados biométricos, de um dos homens que mostra a cara no vídeo, tendo surgido correspondência com um homem georgiano com ligações à Ucrânia, mas sublinha que não foi possível confirmar a sua identidade. Uma agência noticiosa ucraniana atribuí a emboscada à “Legião Georgiana”, uma unidade paramilitar de voluntários georgianos que se formou para lutar em nome da Ucrânia em 2014.

Comentários

topo