Braga

Exposição de 12 jovens em Braga reflete sobre presente e passado da arte

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A zet gallery, em Braga, inaugura no sábado a exposição coletiva “Havemos de ir ao futuro”, com um conjunto de obras originais assinadas por 12 jovens formados em diferentes instituições de ensino superior artístico, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a galeria acrescenta que a exposição consubstancia “uma reflexão sobre o presente e o futuro da produção artística”.

Com curadoria de Helena Mendes Pereira e de Filipa Leal, a exposição apresenta propostas com diferentes linguagens, que vão do desenho à arte computacional, pintura, escultura, serigrafia e performance.

Adriana Oliveira, Alberto Rodrigues Marques, Bruno Rodrigues Martins, Daniela Pinheiro, Diogo Nogueira, Inês Nêves, João Campolargo Teixeira, Leonor Neves, Manuel Fonseca, Maria Luz, Sérgio Rebelo e Vier Nev são os artistas que dão corpo a esta exposição.

“As propostas destes 12 jovens artistas inserem-se num enquadramento conceptual do que é a vastidão da produção artística contemporânea, definível na ideia dos cinco D: democratização, dessacralização, desmaterialização, descaracterização e descentralização”, acrescenta ainda o comunicado.

A mostra conta também com a colaboração, na montagem, dos estudantes finalistas da Licenciatura em Artes Visuais da Universidade do Minho, do ano letivo 2021/2022.

A zet gallery é a marca do dstgroup vocacionada para a divulgação de artistas e arte contemporânea, através da combinação das novas estratégias de marketing digital com o modelo mais tradicional de galeria de arte.

Comentários

topo