Braga

“A Cultura ao encontro da Inovação”, Braga no centro da Europa – COTEC

(c) Município de Braga
Partilhe esta notícia!

A Cidade de Braga recebeu esta Quarta-feira o XV Encontro COTEC Europa. Dedicada ao tema “A Cultura ao encontro da Inovação”, a cimeira abordou temas estruturais no campo da Inovação, cruzando Cultura, Negócios e Economia, bem como Criatividade e Tecnologia, debatendo as vantagens que uma relação mais activa com a Cultura pode trazer para as empresas.

Fotos: Município de Braga

O encontro, que decorreu no Theatro Circo, juntou os Chefes de Estado de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, o Rei Filipe VI, de Espanha, e Sergio Mattarella, presidente de Itália. A sessão de abertura esteve a cargo de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, que destacou a capacidade de afirmação da Cidade em áreas tão diversas como o desenvolvimento económico, a atracção de talento e de investimento, a inovação, o empreendedorismo e a sustentabilidade, tendo a Cultura o elo de ligação entre os diversos sectores da sociedade.
Organizados desde 2005, os Encontros COTEC Europa realizam-se anualmente em Espanha, Itália e Portugal e contam com a participação de líderes empresariais, decisores políticos e académicos de todos os sectores de actividade económica, bem como com a presença dos Chefes de Estado dos três países da Europa do Sul.

Estas cimeiras constituem-se como um espaço de debate e reflexão sobre o papel da inovação enquanto estratégia competitiva, e têm como principal objectivo o reforço da competitividade empresarial europeia. Servem como uma plataforma de partilha de experiências e boas práticas, de procura de soluções para problemas comuns e de partilha de recomendações-chave num contexto europeu, bem como de fornecimento de contributos para a construção de novos blocos de pensamento estratégico para o caminho da competitividade, crescimento, inovação, inclusão e prosperidade da Europa.

Nos últimos encontros, realizados em Málaga, Nápoles e Mafra, foram discutidos os temas da Economia Intangível, da Administração Pública 4.0 e do Trabalho 4.0.

Comentários

topo