Braga

GNR caça burlões em venda de automóvel na Póvoa de Lanhoso

(c) GNR
Partilhe esta notícia!

O Comando Territorial da GNR de Braga, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Póvoa de Lanhoso, ontem, dia 11 de maio, constituiu arguidos dois homens de 34 e 49 anos por falsificação de documentos e burla qualificada, em Baião e Oliveira do Douro.

No âmbito de uma investigação por burla qualificada e falsificação de documentos a entidade credora, os militares da Guarda apuraram que os suspeitos falsificaram os documentos referentes à aquisição de uma viatura automóvel.

Na sequência da investigação, foram realizadas diligências policiais que culminaram com o cumprimento de três mandados de busca, duas domiciliárias e uma em viatura, tendo ainda sido apreendidos dois telemóveis.
Os suspeitos foram constituídos arguidos, e os factos foram comunicados ao Tribunal da Póvoa de Lanhoso.

Comentários

topo