Mundo

Repórteres da televisão russa RT ficaram feridos a filmar a guerra

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Dois repórteres da estação televisiva russa RT ficaram feridos na região de Donetsk, no leste ucraniano, quando cobriam a invasão da Ucrânia pelas tropas de Moscovo, indicou hoje em comunicado a empresa.

A equipa do repórter de guerra da RT Valentin Gorchenine foi atingida na sequência do disparo de mísseis pelas forças ucranianas, perto de Dokoutchaievsk, na região de Donetsk, detalhou a RT no texto divulgado na rede social Telegram.

“O próprio Valentin não ficou ferido, mas os seus operadores de câmara, Vladimir Bataline e Viktor Mirochnikov, foram atingidos por estilhaços nas pernas e costas e foram transportados para o hospital”, acrescentou-se no texto.

Financiada pelo Estado russo, a RT foi interdita no início de março de difusão na União Europeia, acusada de ser um instrumento de desinformação de Moscovo, no seguimento da invasão russa da Ucrânia.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já matou mais de três mil civis, segundo a ONU, que alerta para a probabilidade de o número real ser muito maior.

A ofensiva militar causou a fuga de mais de 13 milhões de pessoas, das quais mais de seis milhões para fora do país, de acordo com os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

Comentários

topo