Mundo

McDonald’s vai abandonar mercado russo

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O grupo McDonald’s anunciou hoje que vai abandonar o mercado russo e que iniciou o processo para vender o negócio no país após 30 anos de atividade, uma medida adotada na sequência da invasão russa da Ucrânia.

“A crise humanitária provocada pela guerra na Ucrânia e o contexto imprevisível para continuar a operar levaram a McDonald’s a concluir que o negócio na Rússia já não é sustentável nem consistente com os valores da McDonald’s”, segundo um comunicado da cadeia de restaurantes publicado nos Estados Unidos.

A cadeia de ‘fast food’ tinha anunciado o encerramento temporário dos seus restaurantes e a suspensão das operações na Rússia no passado dia 08 de março.

A McDonald’s tem no país 850 restaurantes e 62.000 empregados.

O presidente executivo da multinacional, Chris Kempczinski, disse na nota que estava orgulhoso dos funcionários da empresa na Rússia e que a decisão foi “extremamente difícil”, mas que o compromisso com os seus valores significa que não podem continuar ali.

O grupo tenta vender a sua carteira de negócios no país a um agente local e indicou que até a transação estar finalizada continuará a pagar aos trabalhadores, procurando garantir que estes vão manter os empregos com o futuro comprador.

Comentários

topo