Viana do Castelo

Dias abertos da Informática mobilizam alunos e empresas no Politécnico de Viana

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) recebe os Open Days 2022 promovidos pelo curso de Licenciatura em Engenharia Informática de 24 a 26 de maio. Contribuir para a divulgação da área de Sistemas e Tecnologias de Informação, promovendo o debate de temas de grande atualidade e a aproximação do meio académico com o meio empresarial circundante são os objetivos desta iniciativa, que tem entrada livre e está aberta ao público em geral. O presidente do Politécnico de Viana do Castelo, Carlos Rodrigues, marca presença na sessão de abertura, no dia 24 de maio, às 10 horas.
O curso de Licenciatura em Engenharia Informática lecionado na Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) realiza, nos próximos dias 24, 25 e 26 de maio, os Open Days com jornadas, workshops e seminários. Este ano, de regresso ao formato presencial, os dias abertos aproximam a academia à comunidade de estudantes e empresas sobre temáticas emergentes na área dos Sistemas e Tecnologias de Informação e da Engenharia Informática.
Com a realização destes eventos “pretende-se contribuir para a divulgação da área de Sistemas e Tecnologias de Informação, promovendo-se o debate de temas de grande atualidade e a aproximação do meio académico com o meio empresarial circundante”, justificou o coordenador do curso de Licenciatura em Engenharia de Informática, Jorge Ribeiro.
Tal como em anos anteriores, o evento é gratuito e aberto à comunidade interna e externa (empresas e escolas secundárias e profissionais) e o programa dos eventos incluiu a apresentação de sessões e workshops, realizados em vários dias. As manhãs serão dedicadas a sessões de transferência de conhecimento e as tardes serão direcionadas para workshops práticos promovidos por empresas tecnológicas e pelo Núcleo de Estudantes de Engenharia Informática.
“O elevado nível de exigência e metodologias aplicadas em várias unidades curriculares do curso permite capacitar os alunos com um nível de qualidade que lhes permite assegurar um futuro promissor na área do desenvolvimento do software, integração de sistemas e tecnologias, sistemas de suporte à decisão, inteligência artificial, entre outras”, garantiu Jorge Ribeiro.
É de salientar que o curso de Licenciatura em Engenharia Informática é, ainda nas palavras de Jorge Ribeiro, “lecionado numa vertente maioritariamente prática, permitindo aos alunos saber fazer e aplicar os seus conhecimentos no desenvolvimento de software no sentido de melhorar a sociedade e complementar e potenciar várias áreas de atividade”. De destacar ainda “a elevada taxa de empregabilidade do curso (superior a 97%) e nível de colocação dos alunos em grandes empresas é de grande relevância”, adiantou o coordenador, referindo que há vários ex-alunos que são atualmente quadros de empresas portuguesas e estrangeiras de grande renome internacional.
Jorge Ribeiro evidenciou que “é notória a satisfação dos empregadores face ao nível de qualidade dos alunos e é de destacar a elevada procura de engenheiros informáticos face à oferta de estágios e propostas de emprego”. O incentivo à fixação de alunos na região e ao empreendedorismo é uma prioridade para o curso e para a região.

Empresas tecnológicas, investigadores e ex-alunos marcam presença

Embora tenham sido já realizadas durante o ano letivo várias sessões Open Days temáticas, específicas e técnicas por parte de empresas e especialistas em ambiente de sala de aula, o programa dos Open Days dos dias 24, 25 e 26 de maio conta com a participação de várias empresas tecnológicas e investigadores de renome internacional, assim como de ex-alunos do curso com projetos de sucesso a nível empresarial.
O dia 24 de maio é dedicado à temática do “Desenvolvimento de Software Avançado”, contando com a participação na parte da manhã, de quatro empresas tecnológicas (XpandIT, Atlanse, Accenture e Ubiquity) e na parte da tarde um workshop promovido pela Accenture.
Já no dia 25 de maio o tema centra-se no “BIG Data e Projetos de Investigação Desenvolvimento” e contará com a presença de três empresas (SparkleIT, OptareSolutions e Coolink Biz) assim como um professor e investigador de reputação mundial na área do BIGData e Sistemas de DataWarehousing. Por fim será apresentado o centro de investigação do IPVC ADIT-Lab (Applied Digital Transformation Laboratory).
Na parte da tarde haverá um workshop sobre “java software engineering: tecnologias e aplicações práticas”, promovido pela equipa da XpandIT. Salienta-se ainda a disponibilização, por parte da XpandIT, de três webminars online.
No dia 26 de maio, o tema é dedicado à “segurança informática e academia de talentos”, onde participarão empresas tecnológicas e dois ex-alunos do curso com projetos de sucesso na área da cibersegurança, uma delas a deteção de uma “falha na aplicação Stayaway Covid”. Da parte da tarde, haverá um workshop “Tech Academy” promovido pela consultora internacional Capgemini Engineering.

Comentários

topo