Mundo

Rússia destruiu 58 infraestruturas civis na região de Donetsk

(c) Redes sociais
Partilhe esta notícia!

As tropas russas bombardearam nas últimas 24 horas 12 zonas residenciais da região de Donetsk, no leste da Ucrânia, destruindo 58 infraestruturas civis, indicou hoje a Polícia Nacional ucraniana.

“Num só dia, os russos destruíram 58 infraestruturas civis na região de Donetsk. As forças ocupantes dispararam contra 12 localidades. Há mortos e feridos”, refere a polícia ucraniana através de um comunicado publicado na plataforma Telegram e difundido pela agência de notícias Ukrinform.

Segundo a agência de notícias espanhola EFE, o comunicado acrescenta que “foram destruídos mais de 40 edifícios residenciais, uma escola, uma escola de música, um instituto, empresas e instalações críticas”.

“O inimigo atacou as zonas de Bajmut, Soledar, Avdiivka, Sviatohirsk, Mykolayivka, Toretsk, Zalizne, Raihorodok, Lastochkine, Pervomaiske, Yarova e Sil”, salienta a polícia ucraniana.

O comunicado refere ainda que as tropas russas bombardearam a população civil a partir de aviões, de tanques, de artilharia pesada e de diversos tipos de lança ‘rockets’.

A polícia ucraniana documentou crimes de guerra cometidos pelas forças russas e abriu processos, ao abrigo do Código Penal ucraniano.

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, e o Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia confirmaram hoje que a Rússia está a intensificar os ataques à região do Donbass, no leste da Ucrânia, sublinhando que os russos tentam avançar sobre Slovyansk e Severodonetsk.

Comentários

topo