Barcelos

Presidente da Câmara de Barcelos mantém confiança no “vice” condenado por corrupção

Partilhe esta notícia!

O presidente da Câmara de Barcelos, Mário Constantino (PSD), anunciou hoje que mantém “a confiança pessoal e institucional” no seu “vice”, Domingos Pereira, hoje condenado por corrupção.

Em comunicado, Mário Constantino refere que “desde a primeira hora, após a acusação judicial”, Domingos Pereira “vem afirmando a sua inocência, pelo que já informou que vai recorrer desta decisão de primeira instância”.

“A presidência da Câmara de Barcelos entende que os pressupostos que estiveram na base da coligação Barcelos Mais Futuro, saída vencedora das últimas eleições autárquicas, se mantêm inalterados, pelo que também se mantém a confiança pessoal e institucional” em Domingos Pereira.

O Tribunal de Braga condenou hoje Domingos Pereira a dois anos e dez meses de prisão, com pena suspensa, e a perda de mandato, por alegadamente ter recebido 10 mil euros a troco da promessa de um emprego no município.

Os factos remontam a 2016, numa altura em que Domingos Pereira era vereador socialista.

“A Justiça tem o seu tempo. Não estando terminado o percurso, e havendo recurso a interpor daquela decisão judicial, a presidência da Câmara de Barcelos aguarda serenamente o veredicto final deste caso”, acrescenta ainda Mário Constantino.

Domingos Pereira desfilou-se, entretanto, do PS e fundou o movimento independente Barcelos, Terras de Futuro (BTF), tendo nas últimas autárquicas sido eleito vereador numa coligação liderada pelo PSD.

Comentários

topo