País

Seis crianças ucranianas que vieram a Portugal para tratar cancro já estão bem

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

As seis crianças ucranianas com cancro que chegaram em abril a Portugal com a família e estão a residir nas Casas Acreditar estão bem e os irmãos já estão quase todos matriculados na escola, segundo a diretora-geral da associação.

No dia 23 de abril, chegaram a Portugal seis crianças refugiadas ucranianas para receber tratamento oncológicos no Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto e de Lisboa, no Centro Hospitalar Universitário de São João, também no Porto, e no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Desde essa data, as crianças e os familiares estão a viver nas casas de Lisboa, Porto e Coimbra da Acreditar — Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro e, segundo a diretora-geral da associação, a adaptação está a correr bem.

“O importante é que os tratamentos dessas crianças tenham continuidade com qualidade e que elas estejam todas bem, estáveis. Isso para nós é que é fundamental e está a acontecer”, disse esta terça-feira à agência Lusa Margarida Cruz.

Comentários

topo