País

BE acusa Governo de não fazer “absolutamente nada” para combater inflação

Partilhe esta notícia!

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, afirmou hoje, em Braga, que o Governo português deve ser o “que menos faz em toda a União Europeia” para combater a inflação.

Para Catarina Martins, o executivo de António Costa “não faz absolutamente nada para controlar os preços”, premiando assim “os especuladores e aqueles que estão a lucrar com a inflação”.

“O governo português é capaz de ser o governo que menos faz em toda a União Europeia para contrariar este ciclo. Nem taxa os lucros excessivos, nem faz uma atualização intercalar dos salários e das pensões e isso é uma irresponsabilidade e é normal que as pessoas lutem pelo seu direito a um salário para viverem dignamente”, referiu.

Sublinhou que outros países europeus estão a aprovar “medidas sensatas”, como a taxação dos lucros excessivos do setor energético ou a implementar “aumentos intermédios” ao salário mínimo”.

“E o Governo português deixa os salários congelados, ou seja, em quebra e não faz absolutamente nada para controlar os preços e, portanto, premeia os especuladores e aqueles eu estão a lucrar com a inflação”, acrescentou.

Para a líder bloquista, “não fazer nada significa achar bem que se viva com pouco salário em Portugal, querer uma economia de baixos salários, ao mesmo tempo que são criados lucros milionários em setores que controlam os mercados, como a energia e a distribuição”.

“Face a esta perda de salários, é natural que os trabalhadores se organizem e reclamem direitos”, disse ainda, vincado que “não é o país todo que está a empobrecer, mas só quem vive do seu salário ou da sua pensão”.

Comentários

topo