Braga

Backstage Escola de Dança de Braga ganhou 4 medalhas em competição mundial

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A Backstage Escola de Dança e Artes Performativas sediada em Braga, ganhou 2 ouros, 1 prata e um bronze na Final Mundial do Global Dance Open que decorreu de 2 a 5 de junho na Exponor. Esta competição internacional de Dança reuniu os bailarinos qualificados nas semi-finais de 40 países.

Com 4 coreografias qualificadas com o ouro para a final nos escalões de Dança Jazz, Dança Contemporânea e Lyrical os bailarinos da Companhia Júnior Backstage conseguiram assegurar lugar no pódio para Portugal com todas as coreografias a competição.

Para além das medalhas, Emília Davico e Gonçalo Gomes ainda ganharam bolsas de estudo como distinção pelas suas performances notáveis. Ambos ganharam uma bolsa de 75% para o programa de um ano de formação no New York Dance Project, Companhia de formação para jovens bailarinos. Gonçalo Gomes, para além de bolsas de estudo integrais para intensivos de verão na Bird College em Inglaterra, na Steps on Broadway em Nova York e na Iswanson na Alemanha ainda ganhou uma bolsa de estudo integral para o Curso de 3 anos do London Studio Centre em Londres.
A diretora da Backstage Escola de Dança e Artes Performativas, Rosália Passinhas, sublinha que “conseguir estes resultados de excelência, enaltecer o nosso país e a nossa cidade ao mais alto nível é uma recompensa inestimável pelo esforço continuado da escola, de toda a equipa, de todos os alunos da Companhia Júnior Backstage e dos seus familiares.

Esperamos que este reconhecimento inequívoco e estas oportunidades únicas de formação conquistadas pelos nossos alunos inspirem mais jovens a seguir a Dança na nossa cidade e no nosso país.
Esperamos também que estes resultados nos consigam os apoios necessários para conseguirmos estar presentes na final mundial do Dance World Cup 2022 que decorrerá no final deste mês em San Sebastián, Espanha, para a qual estamos qualificados para representar Portugal com 7 coreografias.

Comentários

topo