Vila Verde

Câmara de Vila Verde gasta mais de 85 mil euros só em ‘fogo’, tendas e artistas

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A animação antonina arranca em Vila Verde, lançando o concelho para um programa extremamente diversificado de atividades e eventos que se estenderam até 13 de junho e trouxe milhares de pessoas a Vila Verde.

A noite de encerramento das festas ficou marcado pelo espetáculo musical de Fernando Daniel, havendo também “momentos especiais para públicos de diferentes gostos e origens”, com a participação e o envolvimento das freguesias, associações, IPSS, escolas e demais instituições do concelho.

“Uma festa feita pelo povo e para o povo, indo ao encontro dos gostos mais variados das diferentes gerações, promovendo e valorizando sempre as tradições e a identidade do concelho e das nossas comunidades”, resumiu a presidente da Câmara Municipal, Júlia Rodrigues Fernandes, no rescaldo das festas em honra de Santo António.

Fernando Daniel cabeça de cartaz dia 13 de junho

O artista Fernando Daniel foi cabeça de cartaz nas festividades de Santo António em Vila Verde e vai levar para casa uma verba de, segundo a BaseGov, 18.500 € + IVA.

Fernando Daniel atua em Vila Verde e cobra mais de 20 mil euros aos vilaverdenses

O cantor Fernando Daniel atuou na noite de encerramento das festas de Santo António em Vila Verde e foi incrível a moldura humana que se juntou na praça em frente ao tribunal, na rua, nos passeios para ver atuar um dos artistas mais badalados em Portugal na atualidade.

O cantor não esqueceu o momento e através das suas redes sociais agradeceu a Vila Verde o calor humano num dos maiores concertos dos últimos anos em Vila Verde.

Gastos de mais de 85 mil euros só em tendas, fogo e artistas

A Câmara de Vila Verde não apresentou os gastos totais das festas de Santo António de Vila Verde mas segundo a BaseGov há já alguns contratos a que o Semanário V teve acesso e mostram gastos de cerca de 85 mil euros só na sessão do fogo de artifícios, Julinho KSD e Fernando Daniel e tendas e palco.

Fotos: BaseGov

Uma das maiores curiosidades dos vila-verdenses “são sempre as mesmas caras e as mesmas empresas a fazer a festa de Santo António”. Vila Verde não tem uma comissão de festas como tem por exemplo Amares, e o orçamento é feito em ajustes e contratos diversos.

Comentários

topo