País

Processo da CPCJ que acompanhava menina Jéssica arquivado em junho

(c) Redes sociais
Partilhe esta notícia!

O processo da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ), que acompanhava Jéssica, a menina de três anos que morreu em Setúbal depois de ser presa e torturada, foi arquivado em junho, avança o Correio da Manhã, depois da visita de técnicas da Segurança Social, que terão dado indicação de que a criança era bem tratada, o processo acabou por ser arquivado.

A criança esteve cinco dias em casa de uma família, agora suspeita de homicídio, e acabou por morrer na passada segunda-feira. Sabe-se que Jéssica foi espancada à mão até à morte devido a uma dívida de bruxaria.

A mãe da menina, Inês, confirmou que pediu à mulher que fizesse bruxaria para o companheiro, Paulo, não a deixar.

Comentários

topo