Mundo

Polícia espanhol morre após tiro na cabeça em operação a tentar salvar refém

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O Tenente Coronel Pedro Alfonso Casado, da Polícia espanhola Guardia Civil, chefe da Unidade Especial de Intervenção, com 22 anos de serviço, foi alvejado na cabeça durante uma operação policial, num apartamento em Santovenia, Valladolid, depois de um homem se ter barricado com um refém.

Apesar de ter estado internado em estado grave, não resistiu às lesões, tendo falecido ontem.

Comentários

topo