Vila Verde

Município de Vila Verde apela a restrições no uso da água pública (já é pouca)

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O município de Vila Verde, no distrito de Braga, apelou hoje à contenção no uso da água da rede pública, pedindo que não se use para lavagem de carros e casas, piscinas ou rega, de acordo com um comunicado.

“A água da rede pública não deve ser usada para lavar viaturas, ações de limpeza nas habitações, encher piscinas ou regar jardins – atividades em que se recomenda o recurso a água não tratada”, pode ler-se no documento.

Citado no texto, o vereador do ambiente Parício Araújo refere que “é preciso salvaguardar que ninguém fique privado de aceder a água potável, que é um bem de primeira necessidade, mas que infelizmente não é inesgotável”.

A autarquia vilaverdense lembra os efeitos do maior uso de água devido às elevadas temperaturas, aos incêndios e ao “esperado aumento da população residente” devido ao regresso dos emigrantes.

Com Agência LUSA

Comentários

topo